18 de nov de 2014

RESENHA: Belle Époque

Atualização:
A peça já parou de ser exibida, devido ao prazo.
Continue vendo a resenha.



Normalmente, escrevemos mais sobre análises de produtos eletronicos, e sobre filmes, mas essa vai ser diferente. Na ultima quinta-feira, assisti no Sesi de Bras Cubas de Mogi das Cruzes, uma peça de teatro intitulada "Belle Epoque" (Bela Época em francês), onde um amigo pessoal faz parte do elenco, que me convidou e então eu fui. 
Belle Epóque foi uma peça que me surpreendeu do começou ao fim! Confesso que não esperava tanto e que realmente fiquei deslumbrado com o espetáculo como um todo.



Sinopse Oficial:
A fria e cinzenta paisagem urbana com seu excessivo concreto, lacrimeja nossa visão, impedindo-nos de enxergar adiante. Há quanto tempo não olhamos para o outro sem o humano desejo de julgá-lo inferior a nós? BELLE ÉPOQUE é a fascinante história de um cabaré que traz em seu interior os mais excêntricas personagens: os seres humanos. Mas por que seriam fascinantes? Pelo simples fato de sermos direcionados a dizer que são do submundo, a escória que deve ser varrida a escondida debaixo do tapete, muito embora muitos de nós já recorremos a seus serviços para satisfazer nossos desejos. Não esqueçamo-nos de que há pessoas, compostas não somente de um mero corpo, mas de uma alma. Devido à frieza com que desviamos nosso olhar, esta história nos apresenta a nós mesmos, dando-nos a chance de relembrar que todos possuem problemas, mesmo aqueles que ortodoxamente tornam-se invisíveis. É pelas portas deste cabaré que relembraremos que o amor, ainda está acima de tudo.
Atreva-se a adentrar seu universo.
Encante-se por Belle Époque.



Foi de extrema importancia e feito de uma maneira incrível o trabalho dos personagens e o profissionalismo dos atores dos que no qual fizeram da peça, uma peça incondicional, não posso deixar de mensionar algo que me chamou a atenção, que foi o sincronismo no geral. Sincronismo das luzes e sons, das entradas dos personagens, das falas e tudo mais. Eu gravei alguns vídeos* e tirei algumas fotos que você pode conferir aqui mesmo nessa resenha, pretendo ir novamente algumas vezes, e tirar melhores fotos e publica-las aqui mesmo no blog :)



FICHA TÉCNICA

ANA GUERRA      como Dayse
GABRIELLA OLIVEIRA    como    Lesie
GUILHERME BRUM      como     Fred
JUNIOR CELESTINO          como      Pedrinho
SARA BRITO    como     Gaba
SIMONE CUNHA     como    Sally
TANIA RODRIGUES       como     Neusa
WELBER CUNHA      como    Boss
WELLINGTON RODRIGUES      como      Jean
WILSON CAETANO      como     Zé





Com Belle Epoque eu dei muitas risadas, eu me emocionei, eu fiquei indignado, eu me diverti, fiquei com um gostinho de quero mais e agora eu SUPER INDICO. Quer saber o porque disso tudo? Vá assistir a peça! Até o final das apresentações, você irá conferir o novo banner do blog que divulga horários, datas e local da peça.



Ficha Técnica
Direção: Wilson Caetano
Dramaturgia: O Grupo
Corpo: Fernanda Moretti
Coreografia: Ricardo D'Arcanjos
Fotografia: Djane Borba
Criação de Luz: Almir Fino
Operação de Luz: Guilherme Brum
Operação de Som: Sheila Andrade e Junior Celestino
Trilha Sonora: O Grupo
Projeto Gráfico: Ócsso

Gênero: Drama
Modalidade: Adulto
Faixa Etária: 16 anos
Duração: 75 min
Entrada Franca.




Por enquanto é isso, pretendo ir novamente mais algumas vezes, tirar fotos e gravar vídeos melhores para fazer uma nova postagem! Deixe seu comentário!


Rafa, XOXOXO

Um comentário:

  1. Muito Bom, essa peça devia voltar a ser apresentada :(

    ResponderExcluir